FÉ PENSANTE

Publicado: agosto 17, 2009 em Evangelho
Murilo - Everton e ao fundo Dandye - Sara Nossa Terra (Embaixada)

Murilo – Everton e ao fundo Dandye – Sara Nossa Terra (Embaixada)

Fé sem obras é morta… sei que seria muita petulância da minha parte querer acrescentar algo a esse pensamento Bíblico/Cristão, mas se me fosse dado liberdade pra isso o faria assim: “Fé sem obras é morta e sem pensar é assassina”.

Sabemos que é impossível viver a vida crista sem Fé, mas também devemos compreender que viver a vida crista sem Pensar é algo tão danoso quanto a ausência de Fé. Somos constantemente afrontados e colocado a prova nas nossas convicções pela loucura que é ser um cristão nos dias atuais, questionamentos como “dízimos e ofertas”, “virgindade antes do casamento”, “devoção e fidelidade”…, tantas coisas que vivemos as vezes sem pensar o porque disso.

Todas as respostas desses pontos de vistas cristão estão na Bíblia, vivemos ouvindo de nossos pastores que a Bíblia é o manual da existência cristã e isso é um grande fato. A Bíblia é fonte de luz para os nossos caminhos e entendimento para as nossas questões. A Bíblia nos incentiva a estudarmos e nos aprofundarmos no conhecimento de Deus, viver de forma ignorante não nos torna inocente. John Stott diz em um de seus livros: “Deus fez o homem à sua própria imagem, e um dos aspectos mais nobres da semelhança de Deus no homem é A CAPACIDADE DE PENSAR.” – Your Mind Matters – 1972

Segundo essa linha de raciocínio que não nos deixa ser inocente mesmo fugindo do entendimento com as coisas de Deus eu encontro também uma outra frase muito tensa de John Stott novamente: “Todos os homens são culpados diante de Deus, precisamente porque todos possuem algum conhecimento .” – Your Mind Matters – 1972

Encontrei um pequeno texto de Martyn Lloyd Jones (1899-1981) que foi um teólogo protestante de origem galesa, defensor da fé evangélica. Aos 23 anos de idade, Martyn Lloyd-Jones era Chefe Assistente Clínico de Sir Thomas Horder, o médico do rei da Inglaterra. Trocou a Medicina pela Teologia aos 27 anos de idade. Posteriormente, assumiu o púlpito da Capela de Westminster, que ocupou por 30 anos. É considerado um dos maiores pregadores protestantes do século XX. Segue o texto:

“A fé, de acordo com o ensinamento do nosso Senhor neste parágrafo, e todo o problema de quem tem uma fé pequena é não pensar. A pessoa permite que as circunstâncias lhe oprimam… temos de dedicar mais tempo ao estudo das lições do nosso Senhor sobre a observação e dedução. A Bíblia esta repleta de lógica, e de forma alguma devemos pensar que a fé seja algo meramente místico. Nós não nos sentamos simplesmente numa poltrona, permanecendo à espera de que coisas maravilhosas nos aconteçam. Isso não é a fé cristã. A fé cristã é, em sua essência, o ato de pensar. Olhem para os pássaros, pensem neles, e façam suas deduções. Vejam os campos, vejam os lírios silvestres, considerem essas coisas… A fé, se quiserem, pode ser definida assim: É insistir em pensar quando tudo parece estar determinado a nos oprimir e a nos pôr por terra, intelectualmente falando. O problema com as pessoas de pequena fé é que elas, ao invés de controlarem seus próprios pensamentos, os seus pensamentos é que são controlados por alguma circunstância e, como se diz, elas passam a rodar em círculos. Isso é a essência da preocupação… Isso não é pensamento; isso é ausência completa de pensamentos, é não pensar.”

D. Marty Lloyd-Jones: Studies In The Sermon on the Mount (Grand Rapids: Eerdmans, 1960), II, 129-30.

Quando encontramos a essência da sabedoria de Deus somos capazes de por fé deixar o que é palpável pra nós e ai colocamos em prática o significado real do que encontramos em Hebreus 11.1 – “Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem.”, e assim seremos capazes de viver isso com inteligência e sabedoria, não alienados que se entregam a crendices e conceitos vazios pregados como “teologia de botequim” rodeados de chavões e causas vazias.

A fé nos faz querer enxergar Deus mais de perto e esse Deus nos constituiu como seres pensantes, Ele nos trata assim, Ele se comunica conosco em palavras; Nos renovou em Cristo nos dando também a mente de Cristo; assim somos responsáveis pelo conhecimento que temos e pelo que deixamos de ter.

Graça e Paz

Murilo Scarpellini Vieira

comentários
  1. P.A. disse:

    “Estejam sempre preparados para responder a qualquer pessoa que lhes pedir a razão da esperança que há em vocês.” 1 Pedro 3.15
    Muito bom o texto!

  2. Elias Coutinho Junior disse:

    Boa Murilo, muito bacana seu Blog.

    Parabéns!

    Junior (Elias)

  3. “Uma pessoa que não faz o que Deus ordenou revela que realmente não tem fé em Deus.” Clemente de Alexandria (195 d.C.)
    Até os primeiros cristãos confirmavam que a fé sem obras é morta. Nesta pagina se vê mas passagens da igreja primitiva sobre este tema… http://www.aigrejaprimitiva.com/dicionario/FÉ.html

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s