JESUS WARS

Publicado: setembro 2, 2009 em Evangelho

JESUS WARS

Você já pensou em fazer parte de um Exercito, de uma Corporação ou um “Esquadrão Inter-estalar”, onde você fosse responsável pela defesa e propagação de Suas soberanas crenças e desígnios?

Pois é sendo você um Cristão isso é responsabilidade sua, mesmo que a custa de sangue e morte (sabendo que hoje em dia não é tão perigoso assim ser cristão). O nosso chamado tal como Cristo, nosso supremo e Senhor é o de ir e “Propagar o evangelho a toda e qualquer criatura…” sem distinção de raça, cor, crença.

Pra quem não assistiu Star Wars, talvez o que vou dizer aqui não seja tão bem desenhado, mas mesmo assim vou escrever.

A “República” era a organização maior desse universo fictício, a “Republica” era defendida pela ordem dos “Cavaleiros Jedis”, de uma forma mitológica eles são fortes e poderosos contra tudo que tenta se levantar contra a Republica, até que a Republica se rompe por meio de traições e o surgimento de um inimigo muito poderoso denominado Imperador Palpatine, um Sith, que tem como pupilo Darth Vader, um poderoso Jedi que foi corrompido pelo lado negro da força.

Isso nos remete a muitas coisas que sofremos hoje em dia e podemos até contextualizar com uma realidade natural/sobrenatural do mundo espiritual que conhecemos. Não diferente dos Jedis, somos responsáveis pela manutenção, propagação e restauração da Republica que Deus implantou inicialmente no jardim do Éden, devemos de todas as formas possíveis influenciar e aliciar outras pessoas a seguirem nossas soberanas vocações a custo de dedicação e entrega total de vida, pelo premio da Vida Eterna no Reino dos Céus.

Os Jedis tem um código, uma espécie de conceito maior a ser seguido, ao qual tomei a liberdade de contextualizar através da Bíblia:

Não existe emoção, existe paz
Salmos 119.65 “Muita paz têm os que amam a tua lei, e não há nada que os faça tropeçar.”
João 14.27 – “Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize.”

Não existe ignorância, existe conhecimento.
João 8.32 – “E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.”

Não existe paixão, existe serenidade (amor).
1 Pedro 13.4 – “Como filhos da obediência, não vos conformando com as cobiças que antes tínheis no tempo da vossa ignorância.”
1 Corintios 1.4 – “O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece.”
1 Corintios 13. 8a – “O amor nunca falha…”

Não existe morte, existe a Força.
I Corintios 15.55 – “Onde está, ó morte, o teu aguilhão? Onde está, ó inferno, {ou morte} a tua vitória?”

Então … “QUE A FORÇA ESTEJA COM VOCES!”

Graça e Paz

Murilo

comentários
  1. Michelly disse:

    hahahahahhahahaha
    Com certeza essa foi uma das suas maiores viagens! Mas faz sentido. A foto está contextualizada até de mais…
    Deu pra notar que vc adora Star Wars.

  2. Marcelo Seri disse:

    ae boa analogia Mura!! bem ao seu estilo mesmo.. ficou bem legal, e a foto ficou show! hehehe!

    abraço!
    Celo!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s