EM CONFLITO COMIGO MESMO

Publicado: maio 31, 2010 em Evangelho

Santo Agostinho foi um bispo do século IV, que em seu livro “Confissões de Santo Agostinho”, relatou um incidente ocorrido em sua juventude, junto com alguns amigos invadiram um pomar vizinho para roubar pêras… Ele passou toda a sua vida em questionamento, pois se deu conta de que a única razão por ter roubado as pêras não fora por fome ou pobreza, e não gostava tanto assim de pêras, foi simplesmente por que sabia que estava fazendo algo errado. Ao fim do relato ele diz que pagaria com prazer o valor das frutas, somente para ter sua consciência livre do pecado.

– Romanos 7.15 “Eu não entendo o que faço, pois não faço o que gostaria de fazer. Pelo contrário, faço justamente aquilo que odeio.”

Nós nascemos na terra, moramos na terra e somos humanos, já foi falado outras vezes que pelo fato de Adão e Eva terem pecado nós estamos debaixo da mesma maldição a qual eles foram submetidos.

Nascemos com o pecado, ele é parte do nosso corpo, mas hoje nós sabemos quando pecamos:

– quando cobiçamos (inveja);
– quando mentimos;
– quando damos valores a coisas erradas;
– quando falamos o nome de Deus em vão;
– quando damos testemunho em falso contra alguém;

Satanás procura nos atacar onde conhecemos, ou seja, sabemos o caminho certo, mas o pecado usa o que é correto, deturpa o nosso entendimento e nos faz por fim errar.

(2 Samuel 11.2 – Davi cobiça a mulher de Urias e planeja a sua morte), sendo que depois é repreendido pelo profeta Nata (2 Samuel 12) e cai em consciência de seu erro, pecou simplesmente pelo fato do erro, tinha muitas mulheres não precisava de mais uma, mas teve a graça do arrependimento e do perdão.

Pode se dizer que existem duas leis regendo o mundo “A Lei de Deus” e a “Lei do Pecado”, por toda a vida estivemos debaixo da lei do pecado, pecamos simplesmente por que nascemos assim, então conhecemos a lei de Deus que nos alerta dos nossos pecados e nos faz cair em tristeza quando pecamos, ai você pode me dizer que quando NÃO conhecemos a lei de Deus pecamos mas somos inocentes, Não, isso é falso, pois fazemos o errado sabendo que está errado, mas no mundo não reconhecemos os erros, não nos permitimos entender onde falhamos, ou por orgulho, ou prazer, ou por não querer enxergar, por vários fatores …, mas o fato maior é que apesar da inocência temos incutido em nos uma aspiração divinal, uma pequena, por vezes não alimentada, mas existente, consciência do certo x errado.

Mas, agora (presumo eu_ conhecemos a Lei de Deus e por meio dela sabemos o que é certo e o que é errado…

E através do conhecimento dos mandamentos de Deus passamos a não gostar do pecado, não que nos tornaremos “santos” mas não queremos pecar mais.
Logo quando pecarmos se estivermos realmente cheios do amor de Deus não sentiremos prazer no pecado, mas sim ódio do pecado, Deus produz isso em nossas vidas.

Como um felino age por reflexo e nos ataca, assim pecamos, simplesmente por reflexo da nossa natureza humana; No final de Romanos 7 no versículo 25 há uma conclusão incrível sobre a situação que agora nos encontramos: dentro de nossas mentes rege a lei de Deus, servimos a lei de Deus, mas na prática, no corpo, no físico pertencemos ao pecado, somos pecadores … E assim será até o dia da nossa morte, quando deixaremos esse corpo corruptível e seremos recebidos no céu com um corpo glorificado, puro e sem máculas, sem manchas, vestes brancas como a neve…

Mas por enquanto estamos na terra e devemos aprender a viver aqui…

Como Paulo diz devemos ser imitadores de Cristo. Jesus se entregou em sacrifício vivo, e deu sua vida para perdoar e remir nossos pecados, (não que você deva morrer em favor dos outros) mas Ele fez o que achamos impossível de ser feito, eEle provou que é possível viver na natureza humana, com um corpo pecador mas ser santo e puro, ou seja quem tem uma mente segundo o Espírito de Deus pode viver uma vida santa dentro de um corpo podre.

O que devemos cuidar é das necessidades do nosso Espírito, pois o corpo humano irá morrer de fato e a natureza humana não tem futuro (não que a saúde carnal não seja importante, é e muito, pois o corpo é “Templo do Espírito Santo), mas o Espírito, esse sim é eterno, por tanto devemos guarda-lo livre do pecado e da sujeira, para que não morramos também espiritualmente. Pelo contrario se padecermos e sofrermos essas angústias resistindo o que é necessidade do nosso corpo impuro, como sofremos as aflições de Cristo da mesma forma tomaremos parte da Sua Gloria.

– Romanos 6.2
– Efésios 2.1-6
– Colossenses 2.13

O que concluímos é que antes o nosso corpo e o nosso espírito viviam para o pecado, agora que recebemos a Cristo, morremos para o pecado, nosso espírito morreu para o pecado.

O grande sinal de que morremos para o pecado é a consciência e arrependimento real das nossas faltas e erros, seguido do batismo nas águas, que é o testemunho dessa decisão de seguir a Cristo, alem de que a Bíblia mostra que o batismo real significa que nossos pecados serão lavados e seremos feitos puros, a partir dali…

– Romanos 6.4

Uma vida de serviço e adoração a Deus.

– Romanos 12.2
– 2 Corintios 2.14
– Gálatas 5.16-18

Ao fim quero deixar a entender que não será fácil a vida aqui, mas Deus tem grandes promessas de nos acompanhar e nos guiar,

Isaías diz: “o assopro do Senhor” consumirá tudo que aparecer em nosso caminho (v.30:33).

Obs.: Texto originalmente publicado em: www.fotolog.com/instru – 20/02/06

Graça e Paz

Murilo

comentários
  1. Michelly Martins disse:

    Romanos 7.15 (é desse jeito!)
    Ainda bem que só estamos de passagem nessa Terra, Ele vai voltar!

  2. isabel disse:

    Foi uma leitura muito agradável e de suma importância para mim.Obrigado.

  3. roney disse:

    muito obrigado,isso me ajudou muito,q Deus abençoe a todos nós.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s