Desconforto Dependente …

Publicado: setembro 1, 2010 em Evangelho, Textos

Desisto! Desisto de confiar nas minhas crenças e conceitos, desisto de acreditar que com minhas próprias mãos eu posso ser e fazer alguma coisa; Cansei! Cansei de acreditar que por mim mesmo posso me garantir e me justificar, quando eu sou um vaso vazio e feio, dependendo da graça divina sobre mim.

A certeza de que sobre mim não há nenhum motivo de orgulho, sobre mim não existe bem nenhum, lendo Paulo escrever: “Pois eu sei que aquilo que é bom não vive em mim, isto é, na minha natureza humana. Porque, mesmo tendo dentro de mim a vontade de fazer o bem, eu não consigo fazê-lo”. Romanos 7.18;

Logo pensando nisso volto a ouvir a minha mente humana perguntar: “Mas como eu, um filho de Deus, salvo e remido posso ser tão podre?!”, vejo a resposta soberana e poderosa dessas minhas muitas questões em 2 Corintios 4.7 “Porém nós que temos esse tesouro espiritual somos como potes de barro para que fique claro que o poder supremo pertence a Deus e não a nós.” … gosto de pensar que uma coisa esta atrelada a outra, o poder de Deus sobre nos trás consigo a consciência da nossa falência em nos mesmos, é por graça, não por mérito!

Quando isso tudo entrar na minha cabeça eu vou sempre me sentir deslocado, nunca vou ter “chão”, realmente nunca vou me sentir em casa, e aqui nunca será o meu lugar. Essa sensação me faz ficar desconfortável, desconfortável com a vida, desconfortável com o meu espirito e principalmente com a minha carne, desconfortável com a minha falta de fé e a minha estagnação como homem cristão.

E porque isso seria bom pra mim?

Desconforto gera Dependência!

Com esse desconforto, Deus encontra em nos disposição para buscarmos o poder nEle. Por meio da obediência no desconforto aumentamos nossa fé. Quanto mais somos tentados na tentação confirmamos a vitoria do Senhor em nossas vidas, por fé e obediência. Quanto mais tentados, mais vencedores, quanto mais vencedores mais Deus é glorificado em nós e assim viramos dependentes integralmente.

Na consciência de  “Mas agradeçamos a Deus, que nos dá a vitória por meio do nosso Senhor Jesus Cristo!” – 1 Corintios 15.5, assim que combatemos com fé, assim que somos dependentes, entregando o dia-a-dia, todas as preocupações a Deus, pois Ele quem cuida de nos. 1 Pedro 5.7

Estar desconfortável no mundo sem Deus nos faz querer buscar dependência, estar deitado nos braços do Pai no mundo espiritual, e sinceramente não tem lugar melhor para estar.

Graça e Paz

obs.: Esse texto tambem esta publicado em MAGCARRAO

comentários
  1. Ulysses disse:

    De fato… depender de Deus pode, inicialmente, pra mim, ser visto como “alívio”. Acreditar que eu sou capaz de alguma coisa gera em mim frustração, pqe, mais cedo ou mais tarde, cada único ser humano vai perceber que não é, e nunca vai ser, capaz por si só de algum grande feito, e todo mérito que é voltado pra nós, na verdade nunca foi e nunca será nosso. Por que n’Ele tudo começa e tudo termina.. como não depender de Deus? pra que me iludir? o melhor é deixar as coisas no seu devido lugar, a glória e a honra nas mãos daquele que é dono dela e com isso viver em paz, na paz que Ele nos dá atravéz da graça incondicional e da certeza de que quando é Deus quem cuida.. tudo fica “certo”.. as coisas são como deveriam ser e, assim como é previsto na lei divina, tudo coopera a meu favor por que Ele me ama e eu O amo… daí vem a minha paz

    era pra ser só um comentário..
    (acho que vou pôr meu blog na ativa denovo, obrigado por me motivar cara hehe)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s