A saga do pensamento…

Publicado: setembro 21, 2010 em Literatura, Textos

Diário de bordo, lendo, pensando e escrevendo …

“A obediência talvez seja o único ato realmente absoluto de um monarca absolutista”. – Jesus abdicou-se de tudo que poderia ser discutido com relação a sua divindade real em prol de ser o Rei mais autentico e sacrificial possível.

Quando Deus colocou o livre arbítrio no Homem, Ele capacitou a criação a criar sua própria historia, mesmo Ele sendo o Supremo Criador.

Defende-mos um reino não só pelas coisas materiais que ele pode nos proporcionar, mas muito mais por aquilo que a fé faz esse reino significar à nós; Defende-mos não pelo o que vemos, mas sim pelo que sentimos, pelo que cremos e pelo o que acreditamos.

Alguns tolos por ai não valorizam a importância do “divino” na nossa historia, sem imaginar a calamidade que seria a ausência de referencia celestial na humanidade.

É triste pensar que quando uma civilização chega ao seu ápice evolutivo, quando se enche de orgulho começa a ruir e se destruir.

“O pessimismo não consiste em sentir-se cansado do mal, mas sentir-se cansado do bem”.

Nos torna-mos cínicos e indiferentes quando nos familiarizamos e nos acostumamos com o mundo bizarro e sujo a nossa volta; Isso acontece quando vamos nos acostumando dia-a-dia com o nosso mundo frio e insensato a nossa volta. Como o sapo que não foge na agua que se aquece, ate ele estar cosido e morto.

Graça e Paz

Murilo


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s