Politicando

Publicado: setembro 28, 2010 em Diversos, Textos

Enfim, pensei um pouco e decidi falar um pouco sobre “política”, a Fernanda diz que isso esta sendo o meu novo Apocalipse, visto que eu odeio falar de Apocalipse estou odiando falar, ver, ouvir qualquer coisa sobre política. Mas como cristão isso não é uma opção pra mim… Então vamos lá…

Ezequiel 7: 26Haverá desgraça após desgraça, e más notícias em cima de más notícias. Vocês pedirão que os profetas expliquem o que eles estão vendo que vai acontecer. Os sacerdotes” não terão nada para ensinar ao povo, e os velhos não terão conselhos para dar.

Enquanto a voz amena
fala de equilíbrio
Um rosto é só um rosto
E que está falando
Parece uma questão divina

E a tv tira a atenção
na hora do culto hardcore
Pois a miséria é um insulto
Motiva a fé do mundo

E o defunto não deve enjeitar a cova
humilde, desumano
Não vou duvidar do passado
como se já não existissem velas para acender
Mas que diferença faz
Se nossas mães não choram mais

E de meu pai não vejo sorriso
Se o velhos não podem
criar suas rugas
o novo já nasce velho – (O Novo Já Nasce Velho – O Rappa)

A cima uma letra do Rappa, que fala do que vivemos hoje, as pessoas nascem, com 12, 10 anos se tornam, precocemente, traficantes, prostitutas, infratores, ladrões e assassinos. As pessoas não chegam a se tornar “velhas” pois a vida as consome até a alma, muito antes dos dias “grisalhos”…

…talvez hoje não estejamos como nos tempos de Sodoma e Gomorra, que foi destruída por sua iniqüidade, e por abandonar os pobres e carentes; Na verdade creio que a muito tempo a traz já passamos disso, estamos bem piores: Mais uma vez fica a pergunta: “De quem é a culpa ?”

Nunca, um só de nós, uma banda de rock, um ministro sozinho, uma sociedade anonima ou um político será capaz de mudar essa situação, creio que Deus pode destacar pessoas no meio de uma sociedade para influenciar e usa-lás em prol de uma causa, mas sozinhas elas não tem forças pra nada, como diz o provérbio: “Uma andorinha só não faz verão”

Como cidadãos da terra não temos um ideal, não temos uma meta, não temos um fundamento único, um sonho a ser atingido, nos faltam rumos, nos faltam idéias, nos falta querer algo, nos falta anseios políticos, estamos preocupados demais com nosso orgulho, com nosso ego, com o nosso caminho, não com O CAMINHO; As vezes escrevo e sinto que sou repetitivo, esta faltando alguma coisa pra gente e não tem nada haver com o lado espiritual; Tem haver sim com a forma com que vivemos, tem a ver com atitude coerente e correta, não passamos nem perto da forma que O nosso exemplo maior vivia.

Falamos que apoiamos aquele, ou aquele outro político e nem sabemos quem ele é, ou de onde vem ou o que ele quer. Nos orgulhamos da nossa posição soberana de santos imaculados e perfeitinhos posando de dono dos padrões, quando na verdade abrimos a boca para sermos insistentemente hipócritas e incoerentes como se o que falamos estivesse em guerra com a forma que agimos.

Falamos de votar com consciência quando somos inconscientes das nossas responsabilidades como cidadão;

Falamos de justiça quando julgamos tudo e todos com a língua mais felina possível;

Condenamos os fichas sujas deixando de pagar a conta do cartão de crédito ou até de dar o dizimo;

Sinceramente me enoja toda essa vibe politizada e engajada por ai, quando durante 4 anos nem sequer nos permitimos ouvir uma Hora do Brasil na FM, pra saber o que os políticos que elegemos estão votando; Nosso discurso fadado a rotina anárquica da nossa civilização prega que somos politizados sim, mas sinceramente quando damos risada de um inconsequente como um palhaço tentando se eleger venho a duvidar totalmente desse nosso grau de inteligência.

Alguns pregam que o fim do mundo esta próximo, que as igrejas vão ser perseguidas, são os mesmos homo-sapiens que apoiam partidos de esquerda que manipulam os códigos civis para se garantirem dessa “liberdade”; Nos traçamos o nosso destino ate aqui e vamos continuar traçando nossos rumos, afinal, é por isso mesmo que somos responsáveis pela nossa morte no pecado, nunca soubemos usufruir do nosso livre-arbítrio, quem dira sabermos votar…

Sinceramente eu gostaria que cada um fosse responsável por seus votos tal como somos responsáveis pela nossa salvação, algo particular, intransferível e que vai pesar somente na vida futura de cada um; Infelizmente não é assim, nosso voto influencia nossa vida e a vida de nosso irmão; Na minha cabeça isso deveria pesar ainda mais porque eu deveria pensar no meu irmão como em mim mesmo, mas somos egoistas demais para abrir mão do “bolsa não quero trabalhar” e prefiro vender meu voto a algum discurso vazio e sem sentido. Ou pior não vendo meu voto passo a acreditar no obscuro, no ladrão troco Jesus por Barrábas e acredito que estou certo.

A Bíblia diz que nos tempos finais muitos cairiam em enganaçoes e mentiras, sempre existiram tolos no mundo, mas ultimamente o que existe mesmo são ignorantes que se alimentam de ignorância e acham que estão evoluindo e crescendo do Terceiro Mundo para um buraco.

A culpa dessa vergonha política atual é minha e por eu ser ESTUPIDAMENTE DIFERENTES DE JESUS !!!!!!!!

Obs.: enquanto esse mundo reina na MINHA Política…

comentários
  1. Corvux ;* disse:

    Muito bom o Post.

    Também não gosto de política, mas temos que saber oq está acontecendo pra tentar votar no mesmo pior😐

    Gaby ;*

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s