Simples Deus

Publicado: outubro 13, 2010 em Textos

A um tempo atras eu li um livro chamado “Deus Negro” … falava basicamente de enxergar-mos Deus nas coisas improváveis e visualizarmos seu poder soberano sobre tudo, sobre tudo mesmo… dentro desse livro havia uma poesia do autor que é a que segue:

MATERIALISTA DE MEIA-PATACA

Neimar de Barros

Que outra prova você quer de Deus?
Assinaturas com firmas registradas
De Lucas, João, Marcos e Mateus?
Mais nada ???

Não quer um xerox do testamento de Abraão?
Uma foto da despedaçada Arca de Noé?
As folhas secas da parreiras de Eva ou Adão?
Não quer o vídeo-tape das Leis dadas a Moisés?
Você quer prova, prova maior que o sol?
No entanto, você nada vê, fechado como egoísta caracol.

Quer um “slide” colorido da Torre de Babel?
Quer o Sermão da Montanha gravado em fita?
Quer a luneta de quem viu abrir o céu?
Quer a mesa da Santa Ceia arrumada e bonita?
Quem sabe quer o galo que cantou duas vezes?
Ou quer a coroa que rasgou a fronte de Cristo?
Ou quer o relógio que marcou seus últimos meses?

Você quer prova, eu darei, não desisto!
Quer o original do repórter das Oliveiras?
Quer o filme da caminhada do Calvário?
Quer a corda em que Judas fez a besteira?
Já vi, você quer tirar Deus do seu dicionário!
Pois então, materialista de meia-pataca,
Entre com seus sábios num laboratório,
De uma vez,
E com todas suas ciências imbecis e fracas,
Faça um homem como só Deus fez:

Com raciocínio, personalidade,
Com liberdade unida a responsabilidade,
Coloque fé e graça
E dê-lhe talentos para sair pelo mundo.
Assim Deus morrerá na história que passa.
Mas, se não conseguir nas tentativas,
Humilhe-se, reconhecendo o erro

E colocando sua “genialidade” em desterro
Saiba que somos nada sem Ele,
Viemos e vamos para Ele,
Mas ele nos dá opção.
E eu quero morrer pedindo sua mão.

Vou caminhando,
Tropicando,
Errando,
Levantando,
Mas reconhecendo que Deus é bom
E gritando a todo segundo:
“Sagra este mundo!
Paz! Paz! Paz!”

grande abraço,

Graça & Paz

Anúncios
comentários
  1. Maria Berenice de Oliveira disse:

    Faz anos que perdi ou emprestei meu livro e esta poesia recitava sempre na Igreja,agora tive a felicidade de encontrar por meio de uma amiga atraves do computador. Sinceramente muito obrigada, agora com meus 62 anos vou novamente me deliciar e declamar este poema maravilhoso. Deus e sempre bom para comigo e os meus. muito,muito obrigada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s