Ensurdecedor

Publicado: abril 11, 2011 em Diversos, Textos

Apocalipse 3.20 “Eis que estou à porta, e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo.”

João 10.16 “Ainda tenho outras ovelhas que não são deste aprisco; também me convém agregar estas, e elas ouvirão a minha voz, e haverá um rebanho e um Pastor.”

João 10.27-28 “As minhas ovelhas ouvem a minha voz, e eu conheço-as, e elas me seguem; E dou-lhes a vida eterna, e nunca hão de perecer, e ninguém as arrebatará da minha mão.”

 

Em uma estrada para lugar nenhum
Tentei encontrar-me lá
Fui até onde eu poderia ir
De tudo que eu sei

Foi quando me senti vazio, usado
Destruído e quebrado
Então eu ouvi você

Toda vez que eu fujo
Eu ouço Sua voz dentro de mim
E é ensurdecedor
Não posso lutar, não posso lutar contra isso
Chamando-me para voltar para casa
Para o único lugar onde eu pertenço
E é ensurdecedor
Não posso lutar, não posso lutar contra isso

Ainda posso ouvir Você dizer
Que eu nunca vou escapar
Até onde esse amor pode chegar?
Até onde eu puder acreditar

Agora não há mais nada a perder
E a esperança é o limiar
Eu ouço Sua voz dentro de mim

Você nunca está muito longe
E demora muito para ser tarde demais

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s