“Obey the Master”

Publicado: abril 27, 2011 em Evangelho, Textos

“Não falei em segredo, nem em lugar algum de trevas da terra; não disse à descendência de Jacó: Buscai-me em vão; eu, o Senhor, falo a verdade, e proclamo o que é direito.” (Isaías 45.19)

Li esse versículo em uma devocional e e me senti mais uma vez exortado pela mensagem que diz para Buscar a Deus. Fiquei pensando se essa verdade muitas vezes nao é ofuscada pela minha falta de fé. Quando buscamos algo é porque temos a esperança e a expectativa de encontrar-mos esse alguém ou algo, mas as vezes me parece que busca-mos num processo mecânico e desfocado.

Em Jeremias 29.13 A Bíblia nos afirma que se O buscar-mos o acharemos, na verdade chega a ser uma equação obvia: Se o Buscar-mos o encontramos, simples assim. Mas a sequência do versículo nos mostra a condição imutável e inegociável para encontrar-mos Cristo “…quando me buscardes de todo o vosso coração. Serei achado de vós…”

As vezes me pego avesso a alguns movimentos do tipo reuniões de oração sem proposito, vigílias que não duram a noite toda e algumas coisas que soam mais como “holocausto e não obediência”. Sinceramente não estou julgando ninguem aqui, estou julgando a mim, eu me conheço e sei que algumas vezes, e isso é normalmente repetitivo, não tenho vontade nenhuma de orar e tenho de lutar contra mim mesmo pra conseguir uns 20 minutos de tempo com Deus. Mas tenho aprendido que por muitas vezes 5 minutos de entrega sincera é muito mais valido do que 5 horas de auto-flagelaçao. Lembrando que não é sacrifício que Deus quer, é obediência. De que adianta você ser um porco pecador incorrigível durante a semana toda e arrumar uma vigília no monte no fim de semana?! Se Deus aceitasse isso Ele seria muito incoerente e o sacrifício da Cruz seria invalido e a graça seria anulada pela nossa humanidade de barganha e pechincha religiosa. O pior é que esta cheio de gente que acredita que isso funciona dessa forma.

Orar é algo glorioso, a forma de dialogo mais gloriosa que existe, mas é extremamente perigosa, porque se não fizermos isso de todo coração se torna um sacrifício, e sacrifícios segundo a Bíblia não valem de nada se não houver obediência! (1 Samuel 15.22)

Poderia ficar horas falando contra o evangelho infeliz que temos ouvido por ai, onde o que importa é o que você pode dar, o que você fala e até o que você faz, mas o que importa é o que você faz de coração contrito e quebrantado. Mas hoje eu quero mais uma vez voltar meu coração a Cristo e seu poderoso amor constrangedor e busca-Lo de todo o meu coração, nem que sejam apenas 5 minutos diários, mas que eu não fique sequer 5 minutos sem pensar n’Ele com o amor e carinho que lhe é digno. Creio que só assim vou encontrar o caminho correto, a direcção necessária para encontra-Lo de verdade.

“E buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscardes com todo o vosso coração.”  Jeremias 29.13

Graça & Paz

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s