Fé Justificada!

Publicado: agosto 10, 2011 em Diversos, Evangelho, Textos

Me identifico muito com Pedro, sua maneira muitas vezes afoita de agir, seu ímpeto intenso de tentar ser alguém melhor e quase sempre isso dar em nada, pra mim sempre foi inspirador ver como aquele homem sem grandes dons de eloquência, paciência e de carater solido e muitas vezes grosseiro, veio a se tornar a pedra sobre a qual Deus edificou sua igreja (Mateus 16.18).

Muitas pessoas costumam falar de Pedro como o homem cheio de defeitos que cortou a orelha de um dos guardas que foi prender Cristo, ou lembram dele como o homem que tentou andar sobre as águas mas afundou, ou mesmo o homem que negou a Cristo 3 vezes antes do galo cantar. Realmente Pedro era esse pessoa de oscilações, antes da mudança radical que o tornou um Apostolo cheio de autoridade. Vejo em Pedro alguém cheio de zelo, com um amor bruto mas verdadeiro, um homem com uma determinação e dedicação acima da média e disposto a se engajar numa causa, desde que ele se descobrisse e encontra-se algo que o motiva-se.

Jesus conhecia Pedro e por conhece-lo tão bem, Jesus sabia como agir com ele, testando suas forças, testando suas crenças, testando sua fé.

Hoje eu li o seguinte versículo que fala:

“E, respondendo Pedro, disse-lhe: Mestre, havendo trabalhado toda a noite, nada apanhamos,; mas, sobre a tua palavra, lançarei a rede.” – Lucas 5.5

Eu fico surpreso com muitas atitudes de Pedro, coisas que aconteceram na vida dele antes mesmo da Ressurreição de Cristo e do dia de Pentecostes, onde creio eu ser o momento da verdadeira mudança de destino de Pedro, onde ele decide largar tudo em prol de pregar o evangelho, onde ele se torna um homem revestido de autoridade dos céus e começa operar milagres até com sua própria sombra. Já ouvi muitas pessoas falarem dessa pessoa que Pedro se tornou, mas eu gosto de pensar na forma como ele começou a se tornar essa pessoa.

O versículo de Lucas fala de um homem que havia passado a noite toda tentando pescar alguns peixes, passou uma noite toda em vigília e ansiedade e não havia alcançado nada. Talvez quando ele atracou o seu barco, estivesse cheio de frustrações e com uma certa raiva, imagino isso em Pedro e de repente vem Jesus e diz “volta pro alto-mar e lança as redes para pescar!”

A Bíblia não esconde os erros e pecados de Pedro, e me espanta ao ler essa passagem que não há nada que indique alguma sombra de duvida em Pedro quando ele responde: “sobre a Tua palavra, lançarei a rede.” – Penso que a noite de Pedro tenha sido cheia de solidão, silencio, escuridão e duvidas e logo cedo Jesus vira pra ele e diz LANÇA A REDE NA ÁGUA, e ele simplesmente obedece. Pedro era uma pessoa questionadora, se ele tinha algo pra falar ele falava e nesse momento ele demonstra uma fé gigantesca ao agir segundo a vontade de Jesus.

Quero destacar aqui a fé de Pedro, muitas vezes vemos fatos na vida dele que demonstram duvida, mas ele nunca dá um passo pra trás antes de tentar dar um passo pra frente, primeiro ele anda pra frente, mesmo que de um pisão em falso ele sempre tenta avançar! Imagine-se em alto mar e no meio de uma tempestade ver alguém andando sobre a água, você reconhece essa pessoa e pergunta “posso ir ao Seu encontro?!” Pedro estava perguntando a Jesus se podia ir ao encontro dele andando sobre a água em meio a uma tempestade, você tem noção do que é ter uma fé assim?

O mesmo homem que quando vieram prender Jesus, diferente de seus amigos que fugiram quase que instantaneamente, ele desembainhou sua espada e passou na orelha do centurião e sinceramente duvido que ele tenha mirado na orelha, sua intenção era de defender a Cristo com a sua vida, é o mesmo homem que poucas horas depois nega a Cristo, caindo em prantos por reconhecer seu pecado.

Não quero justificar as falhas de Pedro, quero mostrar que homens de fé gigante também podem cair, somos constantemente lembrados que “o cair é do homem, mas o levantar é de Deus”, mas mais do que isso: Deus quer nos levantar sempre, mas precisamos ir em direção a Deus primeiro, precisamos dar os passos de fé, porque a fé é justificada por Cristo.

Quando você toma a decisão de ir de encontro a Cristo no meio de uma tempestade, Ele vai te dar a capacidade de andar sobre as águas e mesmo que você possa vir a perder a fé em determinado momento, sua fé será justificada quando novamente Cristo te tomar pelo braço e te erguer sobre o mar!

Mesmo com a minha covardia humana eu quero muito ter uma fé assim, que teste os limites da minha coragem, mesmo que a minha coragem tenha prazo de validade a justificação da minha fé é eterna em Cristo!

Graça & Paz

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s