Muitos Presentes

Publicado: outubro 26, 2011 em Diversos, Evangelho, Textos

“Pois pela graça é que sois salvos mediante a ; e isto não vem de vós, é o dom de Deus;” – Efésios 2:8

Nesse fim de semana eu e minha esposa estávamos conversando sobre essa passagem Bíblica e ela me fez um questionamento:

“O que é o dom de Deus nesse versículo, a salvação ou a fé?

Pensei um pouco, re-li o versículo e respondi com outra pergunta:

“E a graça, ela também pode ser o dom de Deus nesse texto?”

Você pode pensar que talvez tenhamos alguma dificuldade em interpretação de texto, mas é perceptível que o que esta implícito aqui é que, mais uma vez a palavra nos deixa espaço para interpretações grandiosas da misericórdia infindável do nosso Deus. Tentei pensar em uma analise quase que sintática desse texto, procurando um sujeito e o substantivo que fazem parte da sentença, mesmo assim consegui visualizar que temos vários caminhos a tomar. Nunca fui um estudante profundo de gramática, isso nunca me atraiu, mas gostaria de poder ir alem nessa analise aqui e poder elocubrar esses caminhos diferentes.

Mas sinceramente percebo que não faz sentido caminhar esses passos, pensando na grandiosidade soberana do nosso Senhor. Tudo o que foi destacado nesse texto é uma ação maravilhosa de misericórdia do nosso Pai, uma coisa gera a outra e todas elas cooperam para um ambiente totalmente ligado em si, um circuito funcional e alinhado.

A Graça é algo que recebemos de Deus eu tudo na nossa vida, foi a graça de Cristo que fez com que Ele se entrega-se na cruz e a partir disso pudéssemos ter acesso a salvação por meio da porta que Ele abriu, tudo isso se crermos, se botarmos em pratica a nossa .

Deve ficar claro em nosso entendimento que tudo, tudo: a graça, a salvação e a não vem de nós, tudo isso é a manifestação gloriosa da misericórdia do nosso Senhor, tudo isso são presentes para nós,

…tudo isso é dom de Deus!

“Toda boa dádiva e todo dom perfeito vem do Alto, descendo do Pai das Luzes, em quem não há sombra de variação.” – Tiago 1.16

“Desvenda os meus olhos para que eu veja as maravilhas da tua palavra” – Salmos 119.18

Graça & Paz

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s