Confiança que vê longe

Publicado: abril 2, 2012 em Diversos, Evangelho, Textos

“Deixo-lhes a paz; a minha paz lhes dou. Não a dou como o mundo a dá. Não se perturbem os seus corações, nem tenham medo.” – João 14:27

Quando eu leio esse texto começo a pensar que a referencia de Paz de um cristão é totalmente diferente do sentido de paz que o mundo pode nos dar. Percebemos isso na postura de Jesus diante das dificuldades e do cálice amargo que bebeu nos últimos dias que passou aqui sobre a terra. Apesar de toda a guerra que estava armada a sua volta e contra Ele, Jesus estava mergulhado numa paz que era perceptível a todos.

A impressão que tenho de Jesus é que ele tinha muito sangue frio, mas na verdade não se tratava de indiferença para com a adversidade, se tratava de fé absoluta no propósito do Pai. A comunhão que Jesus tinha com Deus era algo muito mais intenso do que podemos tentar viver, não que não seja possível alcançarmos essa comunhão com Deus, mas sinceramente com a nossa preguiça, falta de fé e inércia, realmente é difícil alcançarmos algo ao menos parecido como o que Jesus tinha com seu Pai.

Jesus conhecia o que seu Pai tinha para Ele como propósito e veio cumprir isso integralmente, sem fugas, sem desculpas e sem ressentimentos, simplesmente consciente da vontade soberana e suprema e por isso fez o que fez e foi até o fim.

A Paz plena que estava no coração de Cristo é passível de habitar também em nós, depende da busca, depende da entrega, depende da devoção que podemos dedicar a comunhão com o nosso Deus. Quando entendermos e buscarmos plenamente isso, passaremos a viver de forma plena em certeza e em alegria, mesmo que o nosso exterior demonstre uma confiança quase que orgulhosa e presunçosa para com o mundo, isso se dará porque nosso coração estará dotado da capacidade de não se perturbar com as aflições do dia a dia, passaremos a não ter medo, tal como a Bíblia nos ensina.

O mundo vai passar a nos encarar de uma forma incompreensível, realmente pelo fato de que o mundo não entende essa confiança que não é cega, porque se fosse cega seria estúpido, um crente não é cego, porque enxerga pelos olhos da fé e assim cremos num futuro que os olhos humanos não podem ver, nem nossos ouvidos terrenos podem ouvir, mas cremos na suprema força inabalável que não tem sombra de duvidas para agir e ser fiel em sua santa e soberana verdade.

Devemos estar apegados as verdades de Cristo e nas promessas de Deus para conosco, isso nunca vai falhar e seremos assim plenamente realizados e cheios de paz e coragem para jamais ficarmos perturbados nos dias que se seguem.

Graça & Paz

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s