Fator!

Publicado: maio 23, 2012 em Diversos, Evangelho, Textos

A alguns dias eu fui apresentado a uma teoria chamada O Fator Melquisedeque, na verdade é um conceito desenvolvido pelo teólogo Don Richardson, que tem um livro publicado sobre esse mesmo titulo: Fator Melquisedeque, onde ele discorre sobre o fato de que a humanidade recebeu uma consciência universal da existência de um Deus único, que criou tudo, mesmo diante das mais diversas expressoes culturais, entre diferentes povos e civilizações ao longo de toda a história, mesmo pré Cristo.

Por meio de vários relatos antropológicos, Don declara que Deus se fez vivo nas culturas através do mundo, fazendo uma alusão ao “Sacerdote do Deus Altissimo” – Melquisedeque, que era também o Rei de Salem (um povo pagão). Esse sacerdote vemos abençoando e pastoreando Abraão “o pai da Fé”, quando Abraão lhe entrega o seu dizímo. É bastante interessante vermos uma referência a um sacerdote de um povo pagão adotando um padrão de culto monoteista anterior as grandes religiões que temos nos nossos dias.

Atualmente temos testemunhos de pessoas que nunca foram alcançadas por uma palavra de Cristianismo mas que já foram expostas a Cristo por meio de Ele próprio se apresentar a esses povos, tais como pessoas do oriente médio, budistas, enfim, inumeros povos que são fechados ao cristianismo mas aos quais Cristo não se oculta. Podemos ver Cristo se mostrando aos povos tidos como pagãos atravez da história da humanidade, demonstrando mais uma vez a sua soberana graça e amor.

Logo passo ao seguinte ponto: que as culturas são permeadas do cristianismo, não do conceito sociologico, mas da excência soberana de Cristo, do Deus Altissimo e supremo, governando-as e inspirando-as atraves de suas expressões culturais. A desginação biblica que diz que nos ultimos tempo as pedras clamariam é muito real quando vemos o homem testificando e clamando as verdades de Deus e de uma sociedade correta quando ao menos sabe denominar isso… mas sabe clamar.

A excência divina foi soprada em nossas narinas desde a criação e é por isso que clamamos e ansiamos muitas vezes por algo que não encontramos ainda, a natureza humana é pecaminosa sim, pois caiu no pecado, mas fomos eleitos pelo dom da vida que só pode vir de Deus, então é inegavel que Deus age em nós com Sua vontade, inspirando-nos e buscando flertar com a nossa existência e sempre respeitando nosso livre-arbítrio.

Mais uma vez recorro a esse assunto, porque sempre estou exposto a musicas, poesias, discursos, livros que de alguma forma se referem a algo maior, soberano e supremo, mesmo sem conseguir nomear, o homem busca Deus, um Deus invisível, o mesmo Deus que Paulo pregou sobre seu altar vazio no meio do povo Romano, o mesmo Deus que criou a terra e a todos deu o folego de vida.

Segue uma musica que se encaixa muito bem nos meus antigos textos que falam sobre “Musicas Seculares com Conteudo Cristão”, de uma banda que particularmente gosto muito: Live – Purifier

Cidade suja na minha pele
Pessoas na minha frente
Eu vim aqui buscando um pouco de amor
Mas eu encontrei-me desgraçado
Leve-me até Sião
Onde as mulheres são justas
Onde pinga virtude como o mel
Do seu longo cabelo preto brilhante

Envie o seu fogo
Purifica-me
Envie seu fogo Senhor
Purifica-me

Vegas, Vegas babyt
Eu posso ouvir as pessoas dizerem
Ppensamos que esta era a terra prometida
Mas a promessa fugiu
Pela porta da frente da rua
Deslizando pelo chão
Se transformando numa cascavel
E nunca mais foi vista

Envie o seu fogo
Purifica-me
Envie seu fogo Senhor
Purifica-me
Abra os meus olhos, para que eu possa ver
Envie seu fogo Senhor
Purifica-me

Passamos a noite na Babilônia
Num emaranhado e em cadeia
Mas mais alto que uma Harley
Eu posso ouvir o coro cantar

Envie o seu fogo
Purifica-me
Envie seu fogo Senhor
Purifica-me
Abra os meus olhos, para que eu possa ver
Envie seu fogo Senhor
Purifica-me

Graça & Paz

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s